quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Agonia (parte 2)

Queria poder falar
Mas palavras não posso dizer
Queria poder gritar
Mas o sera que isso importa?

Essas palavras clamam para sair
Esse corpo clama para sumir

De que adianta cada passo da
Se minha alma apodrece dentro de mim?

Deixe-me falar!
Deixe-me gritar!
Deixe-me voar!

Esse grito que ruge em meu peito
Assombra meus pensamentos
Deixe-me gritar!

Quero por para fora tanta podridão
Quero GRITAR sobre desilusão!

Deixe-me GRITAR PORRA!


Nenhum comentário:

Postar um comentário